Uma breve história dos casamentos na realeza britânica

Uma breve história dos casamentos na realeza britânica

Acho que nada mais justo do que nesta semana que ainda estamos respirando o casamento real, escrever um post sobre isto.

Se você ainda não sabe, a Inglaterra não tem o catolicismo como sua principal religião, isto porque o rei Henrique VIII quis anular seu casamento com a rainha consorte Catarina de Aragão e assim casar com Ana Bolena, uma jovem muito danada que causou um rebuliço na corte. Tivemos o primeiro divórcio real e assim a criação da Igreja Anglicana. Mas por que estou dando uma aula de história neste post? Porque este divórcio na corte é o fato que (para mim) dá abertura ao que vai acontecer depois. A filha de Henrique VIII e Ana, Isabel I da Inglaterra, reina muito bem, é estrategista, inclusive nunca se casou pensando exclusivamente na política e acho que isto abriu as porteiras para as rainhas que vieram depois dela. Claro se passam aí uns 200 anos até nascer o ícone da moda e política, nossa querida Rainha Alexandrina Victória, que vai instituir vários protocolos que existem até hoje na sociedade e na cerimônia de casamento como você conhece.

Rainha Vitória – que adorava fotos

Rainha Victória, que quis ser conhecida sem seu primeiro nome após sua coroação, casou-se por amor (o que não era costume na época). A maioria dos matrimônios se dava por questões de aliança política e econômica. Sua mãe e o governo gostariam que ela tivesse esposado o irmão mais velho de seu marido Principe Ernst, mas ela apaixonou-se pelo caçula Duque de Saxe-Coburgo-Gota.

Não era costume o anel de noivado, poucas pessoas usavam isto na época, mas após o Duque Albert presentear a sua noiva com tal anel o mesmo virou tradição, seguida até hoje.

Ela também pediu a mão do seu primo, futuro marido em casamento, quando na verdade os homens ou famílias deviam fazer tal pedido.

A troca de alianças não era uma tradição da corte, mas foi feita no casamento da rainha e é seguida desde então, mostrando para nós como a família real sempre influenciou as massas. A comemoração dos anos de casamento também não era popular até este querido casal começar com a troca constante de presentes em todos os anos de casamento.

Acredito que a maior contribuição da rainha para a instituição do casamento foi aderir ao vestido branco para noiva. Na época as noivas usavam vestidos de qualquer cor, priorizando o dourado como forma de mostrar riqueza e depois os vestidos eram usados normalmente. Mas rainha Victória prioriza os artesãos que ficavam sem trabalho num momento crescente da indústria e pede rendas para seu vestido, sabendo que isto seria muito imitado depois, garantindo assim o emprego dos bons artesãos, além de escolher o branco já sabendo que não era uma cor usual entre os convidados e mesmo assim vetando os outros de usá-la, já que seria a cor escolhida por ela.

Fugiu ainda do protocolo dos casamentos reais que obriga a rainha a usar uma tiara no casamento e usou uma coroa de flores de laranjeira. Ousadíssima para 1840.

Para saber mais sobre a rainha Victória clique aqui.

Podemos concluir que ainda hoje a família real exerce sobre grande parte da população, inglesa ou não, uma influência enorme. Acompanhar os feitos dessa família é quase que uma religião, eles estão sempre ligados à caridade, educação, enfim são um símbolo de esperança. Ao aceitar o casamento de Harry e Meghan a monarquia prova que não está mais tão atrelada às tradições do passado e pode sim se adaptar aos novos tempos. Meghan vem trazer um ar mais leve para a coroa inglesa, também dedicada às causas humanitárias nos faz lembrar um pouco Lady Diana, foi impossível não suspirar com este casamento.

Lady Diane e Príncipe Charles em seu casamento.

Sobre a Autora

Anne Dal Ponte
Oi eu sou a Anne. Há mais de 15 anos, me apaixonei pelo mundo dos eventos e busquei na graduação a experiência que precisava para trabalhar na área. Passei algum tempo produzindo formaturas e outros eventos e pouco tempo atrás escolhi trabalhar de forma diferente. Hoje trabalho cada evento de forma única, á frente da minha empresa consigo dar atenção aos clientes e atender as necessidades de cada um de forma diferenciada.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

CONQUISTAS



0

LIKES

0

EVENTOS

0

SORRISOS

0

FALARAM SOBRE

ENTRE EM CONTATO



E-mail:

contato@annedalponte.com.br

Telefone:

55+(41)-99933-2337

Endereço:

Rua Schiller, 1797
Hugo lange
Curitiba – PR

Mande uma mensagem